sexta-feira, maio 15, 2009

das palavras ainda...



gosto das tuas citações...

os pedaços que me trazes
os teus autores preferidos

gostava tambem de um abraço teu...

é um vazio

ando sem inspiração para a escrita
deveria escrever
é como uma disciplina...ou um sacrifício
a escrita é um sacrifício
dizia eu à alguns anos atras quando andava meio perdido.
agora encontrei o rumo
tento encontrar.
um destes dias resolvo-me a publicar um livro
deveria fazer isso
afinal estou a desaparecer, a recolher-me, a afastar-me de muitas coisas...um livro fica
são as palavras....

...um dia quando te encontrar na rua
o tempo
todos os dias
todos os minutos
os milésimos de segundo
vão voltar para trás
a um tempo que ficou nosso
e vou saber que és tu
no teu olhar
na tua voz
nas tuas mãos
no calor do teu abraço

até lá

espero
o resto dos dias que ainda faltam
para que chegues
adio a partida de todas as maneiras e finto a memória escassa
para que
quando voltares
se voltares um dia
eu saiba que és tu...



João marinheiro 2009, palavras soltas...
Foto: Deyvis Malta
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape